sexta-feira, 25 de março de 2011






A saudade do amor é



de outra natureza: viva, pulsante...



.

.

.