sexta-feira, 19 de agosto de 2011



quero-te assim

(longínquo e doce

terno e ausente)

só posso desejar-te nas palavras...